Pedidos de falência caem 30,3% em outubro

Os pedidos de falência caíram 30,3% em relação a setembro, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. Já as falências decretadas recuaram 18,6% na variação mensal, enquanto os pedidos de recuperação judicial e recuperações judiciais deferidas aumentaram 75% e 69,3%, respectivamente.

No acumulado em 12 meses (novembro de 2018 até outubro de 2019 em relação aos 12 meses anteriores), os pedidos de recuperação ainda recuam (-5,4%). Mantida a base de comparação, também diminuíram os pedidos de falência (-3%) e as falências decretadas (-8,1%). Por outro lado, as recuperações judiciais deferidas aumentaram 3,6% após sete meses no campo negativo.

De acordo com os resultados acumulados em 12 meses, portanto, ainda se observa a continuidade da tendência de queda nos pedidos de falência e recuperação judicial. Esse movimento está atrelado à melhora nas condições econômicas desde 2017, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência.

A continuidade desse processo, entretanto, está condicionada à evolução da atividade econômica nos próximos meses. Com a redução da inadimplência das pessoas jurídicas, os empréstimos bancários voltaram a crescer no último ano, especialmente para micro, pequenas e médias empresas, segmento de maior risco.

Uma eventual frustração das expectativas de vendas dos pequenos negócios, portanto, representa risco de aumento da inadimplência, com potencial impacto nos indicadores de falência e recuperação.

Os pedidos de recuperação judicial, por exemplo, apresentaram alta significativa em outubro tanto na comparação com setembro quanto em relação a outubro do ano passado.

Contudo, ainda não é possível falar em mudança de tendência. De maneira geral, a situação financeira das empresas segue positiva, mas pode se deteriorar sem uma recuperação consistente da atividade econômica nos próximos meses.

Metodologia

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração dos dados mensais registradas na base de dados da Boa Vista, oriundas dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

A série histórica deste indicador se inicia em 2006 e está disponível em:

Falências e Recuperações Judiciais


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Empresas fontes têm papel fundamental na consolidação das informações que compõem Cadastro Positivo

Desde que o Cadastro Positivo passou a receber automaticamente, há pouco mais de um ano, informações de pagamento e dados cadastrais dos consumidores (pessoa física e pessoa jurídica), o Brasil aponta para uma nova perspectiva de desenvolvimento econômico. No entanto, para que possa beneficiar um número maior de consumidores, é preciso que mais empresas fontes…

Maioria das empresas está otimista com vendas da Black Friday em 2020

66% das empresas acreditam que as vendas da Black Friday em 2020 serão iguais ou superiores às de 2019, de acordo com pesquisa realizada pela Boa Vista, empresa que aplica inteligência analítica na transformação de informações para a tomada de decisões em concessão de crédito e negócios em geral, com 600 representantes dos setores do…