Pedidos de falência caem 30,3% em outubro

Os pedidos de falência caíram 30,3% em relação a setembro, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. Já as falências decretadas recuaram 18,6% na variação mensal, enquanto os pedidos de recuperação judicial e recuperações judiciais deferidas aumentaram 75% e 69,3%, respectivamente.

No acumulado em 12 meses (novembro de 2018 até outubro de 2019 em relação aos 12 meses anteriores), os pedidos de recuperação ainda recuam (-5,4%). Mantida a base de comparação, também diminuíram os pedidos de falência (-3%) e as falências decretadas (-8,1%). Por outro lado, as recuperações judiciais deferidas aumentaram 3,6% após sete meses no campo negativo.

De acordo com os resultados acumulados em 12 meses, portanto, ainda se observa a continuidade da tendência de queda nos pedidos de falência e recuperação judicial. Esse movimento está atrelado à melhora nas condições econômicas desde 2017, que permitiu às empresas apresentarem sinais mais sólidos nos indicadores de solvência.

A continuidade desse processo, entretanto, está condicionada à evolução da atividade econômica nos próximos meses. Com a redução da inadimplência das pessoas jurídicas, os empréstimos bancários voltaram a crescer no último ano, especialmente para micro, pequenas e médias empresas, segmento de maior risco.

Uma eventual frustração das expectativas de vendas dos pequenos negócios, portanto, representa risco de aumento da inadimplência, com potencial impacto nos indicadores de falência e recuperação.

Os pedidos de recuperação judicial, por exemplo, apresentaram alta significativa em outubro tanto na comparação com setembro quanto em relação a outubro do ano passado.

Contudo, ainda não é possível falar em mudança de tendência. De maneira geral, a situação financeira das empresas segue positiva, mas pode se deteriorar sem uma recuperação consistente da atividade econômica nos próximos meses.

Metodologia

O indicador de falências e recuperações judiciais é construído com base na apuração dos dados mensais registradas na base de dados da Boa Vista, oriundas dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados.

A série histórica deste indicador se inicia em 2006 e está disponível em:

Falências e Recuperações Judiciais


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Consumidores com aumentos frequentes em operações de crédito são mais propensos à inadimplência

Boa Vista: Demanda por Crédito do Consumidor avançou 4% em 2019

A Demanda por Crédito do Consumidor recuou 1,2% em dezembro na comparação com novembro, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. Na comparação com dezembro de 2018, o indicador recuou 0,8%. Já no acumulado de 2019, houve avanço de 4% contra o ano anterior. Considerando os segmentos que compõem…

Sampa Week: Boa Vista oferece condições especiais para empresas e consumidores

Para comemorar o aniversário de 466 da cidade de São Paulo, neste sábado, dia 25, a Associação Comercial de São Paulo – ACSP lançou a Sampa Week. A campanha, que acontece até 31 de janeiro, une empresários, comerciantes e prestadores de serviços com descontos e promoções especiais. A Boa Vista, parceira da ACSP, não poderia…

[PESQUISA] Cresce a percepção de melhora da situação financeira entre consumidores inadimplentes

Cresceu de 24% para 26% o número de consumidores inadimplentes que veem uma melhora da situação financeira na comparação do 2º semestre de 2019 com o mesmo período de 2018. Os dados são da pesquisa Perfil do Consumidor, realizada pela Boa Vista durante os últimos seis meses de 2019, com mais de 2.100 consumidores em…