[PESQUISA] Na média, 30% do faturamento das empresas vem do comércio digital

Pesquisa nacional da Boa Vista, com cerca de 430 empresários, constatou que, em média, 30% do faturamento destas empresas tem origem atualmente no comércio digital. Para 45% destas empresas, a representatividade do faturamento em negócios on-line é de até 10%. Para outros 16%, ele representa de 10% até 30% das receitas de vendas. A imagem contempla os detalhes:

Do total de empresários e comerciantes entrevistados pela Boa Vista, 26% informaram que possuem um site de vendas próprio. Por outro lado, 66% disseram que suas empresas possuem conta em alguma rede social que ajuda a gerar vendas em seus negócios. As redes sociais que mais atuam são Facebook (42%) e Instagram (36%).

Quando questionados sobre o tipo de negócios que realizam por meio da Internet, 47% informaram que efetivam vendas propriamente. 37% alegaram que atuam tanto comprando quanto vendendo, e 16% indicaram que compram insumos, matéria-prima para continuidade e manutenção do negócio.

Canais pelos quais realizam negócios

67% utilizam sites de fornecedores ou terceiros para realizar negócios pela web. Outros 33% usam site próprio ou e-mail para vender.

Clique aqui e acesse ao infográfico que contém um resumo de todas essas informações.

Metodologia

A pesquisa sobre o impacto do e-commerce nos negócios foi realizada pela Boa Vista de forma quantitativa, entre agosto e setembro de 2019, no âmbito nacional. Nela foram entrevistados pouco mais de 430 respondentes, representantes dos principais setores (comércio, indústria e serviços) e dos segmentos micro, pequenas, médias e grandes empresas. A leitura dos resultados deve considerar ~ 4% de margem de erro e 95% de grau de confiança para leitura dos resultados.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Reabertura com crédito

A flexibilização do comércio em diferentes regiões do Brasil traz incertezas na decisão de concessão de crédito. Diante deste cenário, a Boa Vista identificou um movimento de aceleração da adoção ao Cadastro Positivo pelas pequenas, médias e grandes empresas. Desde o início da pandemia, já somam mais de um milhão de consultas às soluções da…

IPCA avança 0,36% em julho, sendo o maior resultado para um mês de julho desde 2016

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avançou 0,36% no mês de julho. No acumulado em 12 meses houve evolução para 2,31%, 0,18 p.p. acima da variação observada em junho.  Com esse resultado, o indicador acumulou alta de 0,46% no ano. O grupo Transportes (0,78%) foi o que registrou maior impacto positivo sobre o…

Pedidos de falência recuam 12,6% em julho

Os pedidos de falência caíram 12,6% em julho, na comparação com junho, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas diminuíram 37,6% e 37,9%, respectivamente. Por outro lado, as falências decretadas registraram alta de 16,8% na variação mensal. Na análise…