Consumidor reduz em 48% gasto para o Dia dos Pais, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O consumidor pretende gastar menos com o presente do Dia dos Pais neste ano: o gasto médio para a data deverá ser de R$ 112,40, valor 48% inferior ao do ano passado.  Os dados são de pesquisa de âmbito nacional realizada com 1.018 consumidores, pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). A sondagem também mostrou que 57% pretendem gastar a mesma quantia ou menos do que em 2014.

A preocupação com as dívidas levou a maioria dos consumidores (74%) a optar pelo pagamento à vista: desses, 48% com dinheiro, 28% via cartão de débito, 16% no cartão de crédito (parcela única) e 8% em boleto/carnê à vista. Dos 26% que pretendem parcelar o valor do presente, 82% utilizarão o cartão de crédito como forma de pagamento, um crescimento de 15 pontos percentuais em comparação ao ano passado, 17% boleto/carnê (parcelado) e 1% no cartão de débito programado.

Outra constatação é que 66% dos consumidores irão comprar itens de uso pessoal como roupas, calçados, acessórios, perfumes, joias e relógios, 16% optarão por almoço de família, viagem e outros itens de lazer, 12% presentearão com celulares, eletrônicos ou produtos de informática, e 6% com vinhos ou outras bebidas.

Para 35% dos consumidores, a decisão de escolha será baseada na utilidade que o presente poderá ter, seguida pelo desejo de quem receberá o presente (18%), preço (16%) e marca do produto/qualidade (11%), e promoções, descontos (11%) ou outros motivos (9%).

Na divisão por renda, a menor pretensão de comprar presentes para a data acontece nas classes A/B, em que apenas 52% planejam presentear os pais, em comparação a 79% na classe C e 75% nas D/E.

Quanto às regiões do país, a pesquisa da Boa Vista SCPC revelou que 61% dos consumidores do Sul e 59% dos que moram no Sudeste gastarão igual ou menos do que no ano passado. No Centro-Oeste a porcentagem dos que pretendem gastar menos na data foi de 52%, no Norte 54% e no Nordeste 45%.

Não só os pais serão presenteados na data, embora sejam os destinatários de 61% das intenções de compra. O levantamento mostrou que 15% pretendem dar presentes ao marido, 9% para o sogro, 4% ao irmão e 11% para tios, amigos ou outras pessoas.

Nota metodológica

Os dados da sondagem de opinião do consumidor para o Dia dos Pais de 2015 foram obtidos por meio de consulta eletrônica realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), de 15 de junho a 06 de julho de 2015, com 1.018 consumidores usuários do site Consumidor Positivo www.consumidorpositivo.com.br.

A pesquisa na íntegra, com os gráficos comparativos por ano, região do país e classe social está disponível clicando aqui.

Comentários

comentários

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….