IBC-BR: atividade econômica recua 0,84% em abril

Segundo o Banco Central, o principal indicador antecedente da atividade econômica, o IBC-BR, apresentou queda de 0,84% em abril na comparação com março com dados dessazonalizados. Já a variação frente a abril de 2014 foi de -3,13% com dados sem ajuste. Para a variação do acumulado em 12 meses, o indicador apresentou queda de 1,30% mantida a análise dos dados sem ajuste sazonal.

Considerando o trimestre móvel encerrado em abril, houve queda de 1,01% na comparação com o trimestre imediatamente anterior (encerrado em janeiro), na análise dos dados dessazonalizados. A variação com o mesmo trimestre do ano passado obteve queda de 2,50%, mantida a base de comparação.

A atividade econômica continua em ritmo de retração, uma vez que a Pesquisa Mensal do Comércio e a Pesquisa Industrial Mensal em abril apontaram quedas de 0,4% e 1,2%, respectivamente. O resultado do mês apresentou uma queda mais acentuada do que as expectativas do mercado, que ficaram em torno de -0,4. O boletim Focus, também do BC já vem rebaixando as projeções para o PIB há algumas semanas consecutivas e atualmente espera resultado de -1,35% para o fim de 2015, resultado 0,15 p.p. mais baixo do que o esperado para o ano na divulgação anterior do IBC-BR.

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor sobe 1,4% em janeiro

Contudo, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses houve queda de 9,2% A Demanda por Crédito do Consumidor, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), aumentou 1,4% em janeiro, na avaliação dessazonalizada contra dezembro. Porém, na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (fevereiro de 2016…

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito sobe 3,0% em janeiro

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base do crédito– apontou elevação de 3,0% na análise mensal contra dezembro, descontados os efeitos sazonais. Já na variação acumulada em 12 meses apresentou alta de 2,7%, enquanto na análise interanual (mesmo mês de 2016) houve…

81% dos consumidores esperam que em 2017 a relação entre recebimento e gastos melhore, segundo Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (81%) na Pesquisa Perfil do Inadimplente, da Boa Vista SCPC, espera que em 2017 a relação entre recebimentos e gastos esteja melhor do que a existente no 4º trimestre de 2016, período no qual o levantamento foi elaborado contendo a participação de consumidores de todo o país. Em dezembro de 2015,…