Inflação de agosto volta a ficar acima do limite superior da meta

Por Rafael Ciampone, da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC 

 O resultado da inflação oficial (IPCA) referente ao mês de agosto registrou alta de 0,25% no período, alinhado às expectativas de mercado. No resultado acumulado em 12 meses, o número passou de 6,50% em julho para 6,51% nesta última aferição, acima, portanto, do limite superior da meta (6,50%).

Analisando as aberturas, o grupo que mais apresentou impacto foi novamente o de Habitação, responsável em 0,14 p.p. no valor total do mês, variando 0,94%. Este resultado se deve, por exemplo, ao aumento de 1,46% na taxa de água e esgoto e de 1,35% nos condomínios. Já o grupo de Alimentação e Bebidas contribuiu no sentido contrário, com impacto de -0,04 p.p. no índice geral após queda de 0,15% no mês.

Considerando outras medidas alternativas de análise da inflação, o índice de dispersão (que mede o percentual dos grupos que subiram frente ao total dos produtos da cesta de preços) desacelerou, passando de 58,98% registrado em julho para 54,96% em agosto. Já a aferição obtida pela média móvel de três meses dos núcleos subiu 0,17 p.p. no mês, atingindo 0,42%.

Por fim, o resultado aponta uma inflação persistentemente alta, e as preocupações de antes, tais como, com os preços da energia elétrica e da gasolina não deverão ser deixadas de lado. Soma-se a isto a manutenção da taxa básica de juros em 11% pelo Comitê de Política Monetária e os possíveis reajustes no salário de algumas categorias de trabalhadores, ambos influenciados pelo processo eleitoral em vigor. Tendo em vista este cenário e diante da atual conjuntura econômica, espera-se que ao final do ano a inflação permaneça próxima de seu limite superior, ou seja, de 6,5%.

Xxxx

Posts relacionados

Número de novas empresas cai 3,8% no 2º trimestre

No 2º trimestre de 2017 o número de novas empresas caiu 3,8% em relação ao trimestre anterior, segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Assim, o resultado configura a primeira queda para esse trimestre desde o início da série histórica (2003). Ainda assim, os valores acumulados no…

Vendas para o dia dos pais recuam 0,5% em 2017

As vendas do comércio para o dia dos pais diminuíram 0,5% em 2017 quando comparadas a 2016, segundo dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). O recuo das vendas nesta data foi mais fraco do que o observado em 2016, quando o comércio retraiu 5,2% em relação ao mesmo período de…

Recuperação de crédito cai 1,7% no acumulado 12 meses

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 1,7% na variação acumulada em 12 meses (agosto de 2016 até julho de 2017). A variação mensal com dados dessazonalizados apresentou queda de 6,4% contra o mês…