IPCA desacelera para 0,71% em abril

De acordo com o IBGE, a apuração do resultado da inflação oficial (IPCA) desacelerou para 0,71% na análise mensal de abril, atingindo 8,17% no acumulado em 12 meses.

A categoria que obteve a maior alta no mês foi a de Saúde e Cuidados Pessoais, com variação de 1,32%. A elevação na categoria foi motivada pelo aumento dos preços dos Produtos farmacêuticos (3,27%) e dos Serviços Médicos e Dentários (0,93%). Alimentação e Bebidas foi a segunda categoria com maior alta em abril, variando 0,97% e os subitens Alimentação dentro de casa e Alimentação fora de casa apresentaram a mesma variação, de 0,97%.

Quanto à Habitação, que foi a categoria mais significativa em março devido ao reajuste da conta de energia, em abril foi a terceira maior em variação de preços. A energia elétrica que havia tido alta de 22,08% no mês anterior, registrou 1,31% em abril.

No mês os preços administrados se mantiveram em maior nível do que os preços livres, na avaliação do resultado acumulado em 12 meses, registrando 13,36% e 6,72%, respectivamente.

A inflação acumulada em 12 meses continua longe da meta e não esperamos que ela possa convergir neste ano. O nível de preços observado pressiona ainda mais o orçamento das famílias, que já sofre com as consequências do desaquecimento do mercado de trabalho.

 

ipca

Posts relacionados

Demanda por Crédito do Consumidor cai 0,7% no 1º semestre, segundo Boa Vista SCPC

A Demanda por Crédito do Consumidor caiu 0,7% no 1º semestre de 2017, em comparação ao 1º semestre de 2016, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação interanual, junho apresentou estabilidade nos dados, enquanto nos valores acumulados em 12 meses (julho de 2016 até junho…

Movimento do Comércio cai 3,2% no 1º semestre, diz Boa Vista SCPC

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 3,2% no acumulado no ano (1º semestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12…

47% dos consumidores inadimplentes estão muito endividados, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

O nível de endividamento elevado (muito endividado) atinge 47% dos consumidores inadimplentes, ou seja, que estão com o “nome sujo”, de acordo com a pesquisa nacional Perfil do Consumidor Inadimplente, realizada pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com cerca de 1.500 respondentes. Em seguida, 26% se dizem mais ou menos endividados,…