Nota de Política Monetária do BC: inadimplência de recursos livres das famílias teve ligeiro aumento, atingindo 6,3%.

Saldo e concessões apresentaram pequenas elevações na comparação mensal, juros e spread mantém tendência de alta e inadimplência das empresas sobe.

Segundo o Banco Central, a inadimplência do Sistema Financeiro Nacional referente aos recursos livres destinados às famílias teve ligeiro avanço em maio, atingindo 6,3%.

Os índices de inadimplência para Pessoa Física se mantiveram estáveis comparados com abril, a inadimplência total (Pessoas físicas e Jurídicas) apresentou pequena elevação, e fechou em 3,8%, variando 0,1p.p. A variação foi causada pela pequena elevação na inadimplência para Pessoa Jurídica em ambos os seguimentos (recursos livres e direcionados). O resultado total para os recursos livres foi 5,9% e 1,7% para os direcionados.

Com relação ao estoque total de empréstimos e financiamentos, houve um aumento de 2,0% em doze meses. Na variação contra o mês anterior houve avanço de 0,1%. A variação mensal positiva se deu pelo aumento do crédito para pessoa física, já que para pessoa jurídica o valor diminuiu. A pequena elevação no crescimento do crédito na comparação mensal ocorreu com recursos livres e direcionados, que apresentaram variações de 0,2% e 0,1% respectivamente. Apesar da variação mensal positiva, no acumulado do ano os dois segmentos acumulam queda, sendo recursos livres de 3,5% e direcionados de 1,1%.

A taxa média de juros com recursos livres total subiu novamente, atingindo 52,3% a.a. em maio, maior patamar da série histórica iniciada em 2011. Os juros de recursos livres ao consumidor subiram 0,7 p.p. no mês, atingindo 71,7% a.a. Os spreads aumentaram 0,8 p.p. na comparação com o mês anterior, atingindo 39,7%.

Abaixo seguem os quadros-resumo sobre os dados citados:

Sem título

Sem título

 

Posts relacionados

MUTIRÃO ACERTANDO SUAS CONTAS

AVISO DE PAUTA A Boa Vista SCPC inicia na próxima sexta-feira, dia 25 de novembro, mais uma edição do seu já tradicional mutirão de renegociações de dívidas aqui na capital paulista. Até 3 de dezembro, ininterruptamente, o mutirão “Acertando suas Contas” permitirá que consumidores que estão com contas em atraso encontrem em um ambiente mais…

Percentual de cheques devolvidos sobre movimentados atinge 2,30% no acumulado do ano, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados atingiu 2,30% no acumulado de janeiro a outubro, registrando o pior resultado da série histórica, iniciada em 2006. No acumulado do ano, os cheques devolvidos recuaram 7,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Tanto os…

Consumidor ganha nove dias para renegociar dívidas em mutirão que começa na próxima semana

Os consumidores que pretendem renegociar suas dívidas neste fim de ano terão várias facilidades no mutirão da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), que acontece a partir do próximo dia 25 de novembro no centro de São Paulo. A edição 2016 do “Acertando suas Contas”, maior ação de sustentabilidade de crédito do…