Produção industrial cresce 0,7% em julho

Por Yan Cattani, economista da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC  

Segundo o IBGE, a produção industrial teve alta de 0,7% em julho, na comparação mensal dos dados dessazonalizados. O resultado ficou acima da média prevista pelo mercado, que apontava alta de 0,5%, na mesma base de comparação.

A configuração geral pela avaliação por categorias de uso ficou da seguinte maneira: Bens de Consumo 7,1%, Bens intermediários -0,3% e Bens de capital 16,7%.

Nos resultados acumulados em 12 meses, a queda foi intensificada, passando de -0,6% em junho para -1,2% nesta última aferição. A abertura de Bens de Capital obteve primeiro resultado negativo, passando de 1,5% para -0,1%, Bens intermediários passou de -1,3% em junho para -1,8% em julho e Bens de consumo também recuaram atingindo -0,8%.

Foi o primeiro resultado de alta na margem após quatro meses. Ainda assim, o resultado não foi suficiente para elevar as expectativas de crescimento no ano, que de acordo com o relatório Focus do Banco Central já prevê queda de -1,8% no ano. Assim sendo, acreditamos que a produção industrial dificilmente deverá apresentar crescimento no ano, mantendo nossa expectativa de queda para o setor em -2,0%.

pim jul14

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,5% em julho

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,5% em julho quando comparado a junho na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (agosto de 2016…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,90% em julho

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos), como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 1,90% em julho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,31 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve alta frente ao mês anterior (em junho o…

PNAD: Rendimentos apresentam leve melhora no 2T17

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), os rendimentos reais dos trabalhadores apresentaram melhora em todas as regiões quando avaliadas os valores acumulados em 4 trimestres. A Região Nordeste registrou a primeira marcação positiva (1,6%), ao lado da região Sudeste (0,1%) e Centro Oeste (0,8%). Em relação ao mesmo período…