Cenário externo empurra câmbio a R$ 2,33

Por Thiago Custódio Biscuola, da RC Consultores

O real anotou ontem o quarto dia de desvalorização consecutivo perante o dólar. A cotação do real alcançou R$ 2,33 no fechamento do dia, maior valor desde o dia 05/09/13. No mês de novembro, a moeda brasileira acumula alta de 3,0%, se destacando negativamente dentre as moedas dos países emergentes. Os demais membros do “Fragile Five” (termo utilizado pelo banco JP Morgan para se referir às 5 moedas de emergentes com maior probabilidade de desvalorização cambial) também apresentam sensível depreciação neste mês: Rúpia indiana (+ 2,4%), Rand da África do Sul (+ 2,1%), Rúpia indonésia (+ 2,0%) e Lira Turca (+ 1,5%). Hoje o real abriu em nova alta de 0,2%.

O contexto atual de desvalorização das moedas de países emergentes é similar ao ocorrido em agosto deste ano. Ganhou força nos últimos dias a expectativa de que o programa de compra de títulos do FED sofra o primeiro corte já na próxima reunião em dezembro. Dados positivos da economia norte-americana, como o crescimento do PIB de 2,8% (em termos anuais) no terceiro trimestre, superior à média das expectativas, e a criação de 204 mil vagas de trabalho em outubro reforçaram esta tendência. No caso brasileiro, o stress atual foi acentuado pelo quadro de deterioração das contas públicas, aumentando a percepção de risco do país. A forte volatilidade do câmbio deve permanecer. Assim como o movimento de valorização do real ocorrido entre setembro e outubro, a cotação da moeda poderá ter nova apreciação neste final de ano.

Ed.312

Comentários

comentários

Posts relacionados

Uso de certificado digital na entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física garante segurança e agilidade aos contribuintes

Contribuintes com rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano de 2016 precisam entregar, obrigatoriamente, até o dia 28 de abril a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física – DIRF 2017. Para tornar essa obrigação junto à Receita Federal mais simples, rápida e prática, com a segurança da transmissão de informações pelo ambiente online,…

Maioria dos consumidores afirma ter perfil equilibrado quanto aos seus hábitos de consumo, revela pesquisa da Boa Vista SCPC

A maioria dos entrevistados (59%) em pesquisa inédita desenvolvida pela Boa Vista SCPC afirma ter um perfil equilibrado quando questionada sobre os seus hábitos de compra. Outros 28% dizem ter perfil conservador, e 13% afirmam ser consumistas. O levantamento da Boa Vista SCPC, elaborado com 1.169 entrevistados, em todo o Brasil, no período entre 31…

Parceria ADASP com a Boa Vista SCPC possibilita a ampliação de resultados

A Boa Vista SCPC tem parceria com mais de 2.200 entidades de classes representativas em todo o Brasil. Destaca-se também pela inovação e contínuo investimento em tecnologia para desenvolvimento de soluções que antecipem as principais demandas do mercado. Possui um time com centenas de profissionais especializados em modelagem estatística de informações, o que garante produtos…