Demanda por crédito mantém trajetória de queda

Depois de encerrar 2014 com um recuo de 7,8% em relação a 2013, a demanda por crédito do consumidor continua em trajetória de queda em 2015.

Na medição de maio divulgada hoje, o indicador de Demanda por Crédito da Boa Vista SCPC, com dados de abrangência nacional, apontou queda de 3,9% em relação a abril, descontados os efeitos sazonais. Na análise da tendência de longo prazo, avaliada pela variação acumulada em 12 meses (junho de 2014 até maio de 2015 frente aos 12 meses antecedentes), a queda atingiu 11,3% no período, novo piso recorde para o indicador.

Considerando somente os dados acumulados do ano, de janeiro a maio de 2015, a queda chega a 12,2% na comparação com o mesmo período de 2014.

A desaceleração da demanda por crédito do consumidor não é recente, e ocorre continuamente desde meados do segundo semestre de 2014. Dados do Banco Central divulgados na semana passada também mostram crescimento real negativo do saldo de créditos livres para o consumo.

A baixa confiança do consumidor continua reduzindo fortemente o apetite por crédito e consumo. Alta das taxas de juros, inflação consistentemente elevada e piora do mercado de trabalho são apenas algumas das variáveis condicionantes deste cenário, e dados de hoje do relatório Focus mostram que as expectativas para esses indicadores continuam piorando.

Acreditamos que uma inflexão da tendência negativa da procura por crédito somente se concretizará com a melhoria da confiança na economia, cenário factível provavelmente somente após a consolidação dos ajustes de política monetária e fiscal, atualmente em curso, mas com dificuldades pela frente.

Comentários

comentários