Governo amplia para 40 setores a desoneração fiscal sobre a contribuição previdenciária

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O governo anunciou ontem que mais 25 setores podem deixar de pagar 20% de contribuição previdenciária sobre a folha de salários, passando a recolher, em troca, entre 1% e 2% sobre o faturamento. Considerando as medidas tomadas ontem mais os 15 setores que já estão no sistema de desoneração da folha, o governo fará uma renúncia fiscal de R$ 14,2 bilhões no próximo ano, próximo ao valor previsto para desonerações, de R$ 15,2 bilhões, na proposta orçamentária de 2013.

A desoneração da folha é uma medida positiva, que tem largo alcance para a indústria mesmo em setores menos intensivos em mão de obra. No entanto, somente uma ação mais profunda na política fiscal, com uma reforma tributária que contemple redução e simplificação dos impostos, com um programa de incentivo ao investimento, que passa pela intensificação das obras de infraestrutura, poderia, de fato, promover a competitividade da indústria brasileira.

Ed.29

Comentários

comentários

Posts relacionados

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…

Movimento do Comércio sobe 2,7% em maio, diz Boa Vista SCPC

Informações do varejo apuradas pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) apontam que o Movimento do Comércio subiu 2,7% em maio, considerando os dados mensais com ajuste sazonal. Na avaliação acumulada em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente ao mesmo período do ano anterior) houve queda de 3,0%…