Inflação de Serviços permanece elevada

Por Marcel Caparoz, da RC Consultores

O IPCA registrou em julho alta de 0,03%, levemente acima da expectativa média do mercado, que esperava estabilidade dos preços. Dessa maneira, o acumulado em 12 meses (+6,27%) voltou a ficar dentro da banda estipulada pelo BC. O índice de difusão dos preços no mês foi de 55,1%, o menor valor desde julho de 2011, indicando uma menor disseminação das altas de preços na economia.

Este resultado, no entanto, não indica necessariamente um cenário de folga para a inflação no curto prazo. Dentre as maiores contribuições negativas no mês se destacam os itens dos grupos de Alimentação e bebidas e de Transportes. A queda dos alimentos reflete apenas a redução dos preços internacionais das commodities agrícolas, após um período de forte alta que levou a inflação acumulada em 12 meses do grupo para 14% a.a. em abril de 2013. Já a queda dos transportes reflete basicamente o impacto da revogação da alta das tarifas dos ônibus urbanos em SP, RJ e diversas outras cidades. Destaca-se a alta dos itens de Serviços, como Empregado doméstico, Aluguel e Cabelereiro. Mesmo com a economia enfraquecida os preços dos serviços permanecem elevados. A RC Consultores estima alta de 5,8% para o IPCA em 2013, com o grupo dos Serviços registrando elevação de 8,1%, indicando que o aperto monetário por parte do BC deve ainda continuar no curto prazo (vide gráfico abaixo).

Ed.244

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor sobe 4,6% em maio

A demanda por crédito do consumidor subiu 4,6% em maio frente a abril, com o ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve desaceleração da…

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…