Papelão ondulado antecede indústria fraca

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O volume de vendas de papelão ondulado no Brasil caiu 3,4% em junho sobre igual período de 2013, segundo a ABPO (Associação Brasileira de Papelão Ondulado). Na comparação com igual mês do ano anterior, este foi o terceiro mês consecutivo de queda. No primeiro semestre a expedição registra ligeira queda, de 0,25%. O crescimento acumulado em 12 meses, que havia registrado alta de quase 3% em dezembro de 2013, recuou para apenas 0,9% em junho. Frente a maio, a retração foi de significativos 9,5%.

O papelão ondulado é largamente utilizado na produção de embalagens para a indústria em geral. Dado esta característica, é amplamente utilizado como indicador antecedente da evolução da produção industrial. A forte queda da venda no mês de junho corrobora a expectativa de fraco resultado da produção industrial nos próximos meses. Em junho a indústria, que já não vinha bem, foi ainda mais prejudicada pela realização da Copa do Mundo, pela redução do número de dias úteis e pela concessão de férias coletivas em alguns setores. A exceção pode ter sido o setor de bebidas. A RC Consultores espera uma retração da produção industrial este ano de apenas 0,5%, uma vez que o setor de extração mineral deve recuperar em grande parte as perdas de 2013.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Número de novas empresas aumentou 6,6% no 1º trimestre de 2017, segundo Boa Vista SCPC

No 1º trimestre de 2017 o número de novas empresas cresceu 6,6% em relação ao mesmo período de 2016 (análise interanual), segundo levantamento da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), com abrangência nacional. Em relação ao 4º trimestre de 2016 houve aumento de 29,2%. Forma jurídica Na análise por classificação de forma…

Inadimplência das empresas inicia 2017 com queda de 0,3%, diz a Boa Vista SCPC

A inadimplência das empresas em todo o país caiu 0,3% no 1º trimestre de 2017 quando comparada ao mesmo trimestre do ano anterior, de acordo com dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Depois de três anos consecutivos de alta do indicador na comparação interanual (1º tri de 2017 contra o…

Boa Vista SCPC: inadimplência do consumidor paulistano caiu 4,3% no 1º trimestre

A inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo teve queda de 4,3% no acumulado do ano (1º trimestre de 2017 contra o mesmo período do ano passado), de acordo com os dados da Boa Vista SCPC. Na comparação interanual (março-17 contra março-16), a inadimplência retraiu 8,4%. Contra o mês anterior (março-17 contra fevereiro-17) houve…