Papelão ondulado antecede indústria fraca

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

O volume de vendas de papelão ondulado no Brasil caiu 3,4% em junho sobre igual período de 2013, segundo a ABPO (Associação Brasileira de Papelão Ondulado). Na comparação com igual mês do ano anterior, este foi o terceiro mês consecutivo de queda. No primeiro semestre a expedição registra ligeira queda, de 0,25%. O crescimento acumulado em 12 meses, que havia registrado alta de quase 3% em dezembro de 2013, recuou para apenas 0,9% em junho. Frente a maio, a retração foi de significativos 9,5%.

O papelão ondulado é largamente utilizado na produção de embalagens para a indústria em geral. Dado esta característica, é amplamente utilizado como indicador antecedente da evolução da produção industrial. A forte queda da venda no mês de junho corrobora a expectativa de fraco resultado da produção industrial nos próximos meses. Em junho a indústria, que já não vinha bem, foi ainda mais prejudicada pela realização da Copa do Mundo, pela redução do número de dias úteis e pela concessão de férias coletivas em alguns setores. A exceção pode ter sido o setor de bebidas. A RC Consultores espera uma retração da produção industrial este ano de apenas 0,5%, uma vez que o setor de extração mineral deve recuperar em grande parte as perdas de 2013.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 1,5% em setembro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 1,5% em setembro quando comparado a agosto na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC. Na avaliação acumulada em 12 meses (outubro de 2016 até setembro de 2017 frente ao…

IBC-BR recua 0,38% em agosto e 1,0% no acumulado 12 meses

18 de outubro 2017 – Segundo o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR[1]) recuou 0,38% na comparação mensal contra o mês de julho (dados dessazonalizados). Considerando a variação acumulada em 12 meses, o ritmo de queda segue diminuindo: a leitura de agosto apresentou um recuo de 1,0% (após registrar queda de 1,4%…

Volume de serviços recua 1,0% em agosto e 4,5% no acumulado 12 meses

Segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE, o volume de serviços apresentou queda de 1,0% em agosto contra o mês anterior (dados dessazonalizados). A categoria de serviços prestados às famílias foi a única a apresentar queda (-4,8%), bastante atípica para o mês considerando o histórico da série. Os demais grupos apresentaram crescimento: Serviços…