Recuperação asiática favorece o Brasil

Por José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

As exportações da China aumentaram 7% em maio. As importações diminuíram 1,6%. Com esses dados, o superávit comercial chinês subiu para os US$ 35,9 bilhões. Também hoje foi divulgado o resultado do crescimento da economia japonesa, que cresceu 6,7% no primeiro trimestre.

O ritmo de crescimento do PIB japonês veio acima da previsão dos principais analistas internacionais. No entanto, há dúvidas sobre se a recuperação continuará durante o segundo trimestre. O aumento do IVA (imposto sobre valor agregado) em abril, o primeiro em 17 anos, poderá fazer a economia nipônica contrair no segundo trimestre. Uma recuperação mais frágil poderá aumentar a pressão junto ao Banco Central japonês para aumentar medidas de estímulo econômico. Também as exportações chinesas superaram as expectativas. O ganho nas exportações é tanto mais surpreendente na medida em que é o primeiro após duas quedas mensais consecutivas. O aumento da demanda por parte dos EUA e da Europa é a base desta recuperação. Essas duas notícias são positivas para o Brasil. O preço do minério de ferro, por exemplo, que já recuou 22% nos últimos meses, em função do ritmo menor de crescimento da economia chinesa, pode ter alguma recuperação, melhorando as exportações brasileiras.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Boa Vista SCPC: Demanda por Crédito do Consumidor sobe 4,6% em maio

A demanda por crédito do consumidor subiu 4,6% em maio frente a abril, com o ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação dos valores acumulados em 12 meses (junho de 2016 até maio de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve desaceleração da…

Fazer parte do Cadastro Positivo passa a ser fundamental para o consumidor, afirma Boa Vista SCPC

Se por um lado a aprovação da Medida Provisória que tornará automática a adesão dos consumidores brasileiros ao banco de dados de bons pagadores, em virtude da alteração na Lei 12.414/2011 está, por tempo indeterminado, pendente em Brasília, por outro, passa a ser cada vez mais contundente a responsabilidade de o consumidor conhecer e entender…

Percentual de cheques devolvidos atinge 2,11% em maio, segundo Boa Vista SCPC

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 2,11% em maio, registrando uma diminuição em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando alcançou 2,33%. Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve aumento (em abril o nível foi de…