Reivindicações salariais podem comprometer trajetória da inflação

José Valter Martins de Almeida, da RC Consultores

Adormecido por repetidos aumentos salariais concedidos por empresas e governo na era Lula, o movimento grevista voltou com força total em 2012. São mais de 40 greves em todo o país. Grandes categorias profissionais como metalúrgicos, bancários e petroleiros se preparam para brigar por ganho real de até 10%, além de reposição da inflação, na esteira do “exemplo” dos servidores federais.

Na área pública, a concessão desses aumentos colocará em risco a execução do Orçamento.  Os salários do setor público já ultrapassam os seus equivalentes no setor privado. Segundo o IBGE, o crescimento do rendimento médio efetivo nominal dos salários nas seis maiores regiões metropolitanas no período 2002/2012 foi de 7%, ultrapassando a inflação mais produtividade.  No mesmo período, o crescimento do rendimento médio dos salários do setor público foi de 9%.  Demandas por aumento real de salário, com pressão de preços agrícolas e previsão de aumento dos derivados do petróleo, representam uma combinação explosiva, que poderá comprometer a trajetória da inflação e, por isso, da política de redução de juros.

Ed.12

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,5% em julho

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,5% em julho quando comparado a junho na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (agosto de 2016…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,90% em julho

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos), como proporção do total de cheques movimentados[1] atingiu 1,90% em julho, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,31 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados obteve leve alta frente ao mês anterior (em junho o…

PNAD: Rendimentos apresentam leve melhora no 2T17

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), os rendimentos reais dos trabalhadores apresentaram melhora em todas as regiões quando avaliadas os valores acumulados em 4 trimestres. A Região Nordeste registrou a primeira marcação positiva (1,6%), ao lado da região Sudeste (0,1%) e Centro Oeste (0,8%). Em relação ao mesmo período…