Indústria acumula queda de 7,4% até setembro

Segundo o IBGE, a produção industrial já acumula queda de 7,4% até setembro, na variação contra o mesmo período do ano anterior. Na variação acumulada em 12 meses a retração é de 6,5%, e na comparação contra o mesmo mês de 2014 há recuo de 10,9%.

Na avaliação do acumulado em 12 meses, entre as grandes categorias econômicas as Indústrias de Transformação apresentaram queda de 8,2%, enquanto as Indústrias extrativas obtiveram alta de 7,3%. Considerando a análise por Categorias de Uso, mantida a base de comparação, as perdas permaneceram bastante acentuadas: -20,4% para Bens de Capital, -13,9% para os de Bens de Consumo Duráveis e -7,5% para Bens de Consumo.

Na análise mensal com dados ajustados sazonalmente, a produção industrial variou -1,3%. O setor de Bens de Consumo Duráveis foi o que obteve o pior resultado dentre as categorias de uso, com queda de 5,3%, seguida por Bens de Intermediários que recuou 1,3%.

Enquanto os ajustes de mercado de trabalho (demissões neste caso dão fôlego aos custos industriais) e da desvalorização cambial (real fraco inibe a importação de produtos industrializados) não se consolidam, a indústria mantém-se ainda bastante longe de retomar aumentos na produção. Tendo em vista estas influências, esperamos que a indústria encerre 2015 em nível negativo, com provável queda de 7,0%.

pim

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…