IPCA sobe 0,33% em julho e acumula alta de 2,94% no ano

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor amplo (IPCA) apontou aumento de 0,33% em julho. No acumulado em 12 meses o avanço foi de 4,48%, ficando 0,09 p.p. acima do nível observado em junho.  No acumulado entre janeiro e julho a inflação foi de 2,94%.

O grupo Vestuário apontou a maior deflação no mês de julho (-0,6%). Os grupos de Alimentação e bebidas (-0,12%) e Educação (-0,08%) também recuaram no período, já os demais avançaram.

O grupo Habitação registrou a principal alta mensal (1,54%), sendo responsável por 0,24 p.p. do aumento do índice geral. A elevação do subgrupo energia elétrica (5,33%) foi o que apresentou maior impacto no índice de julho (0,20 p.p.), com manutenção da bandeira tarifária vermelha patamar 2 e reajustes em algumas regiões.

ipca-jul

O grupo Alimentação e Bebidas, que apresentou maior impacto no índice geral do mês passado (0,50 p.p.), em julho apresentou deflação de -0,12%, refletindo o aumento da oferta de itens alimentícios e realinhamento dos preços, após os aumentos ocorridos durante a paralisação dos caminhoneiros.

Para Transportes o índice avançou 0,49%, registrando desaceleração em relação a junho por conta da redução nos preços dos combustíveis (-1,80%).

A inflação de julho apontou desaceleração após o expressivo aumento no mês anterior, que foi fortemente influenciado pelos choques nos preços durante a greve dos caminhoneiros. A inversão de rumo nos grupos Alimentação e Vestuário, assim como o menor impacto de Transportes, contribuíram para a menor inflação no mês, posicionando o indicador a um nível próximo ao centro da meta.

 

Posts relacionados

Grandes empresas devem investir mais em 2019

São as grandes empresas (51%) as que devem investir mais em seus próprios negócios em 2019, na comparação com 2018. A constatação é da Pesquisa Perspectiva Empresarial realizada pela Boa Vista, ao longo do 4º trimestre do ano passado, com mais de mil empresários, de todo o país. Porém é entre os microempresários que se…

Movimento do Comércio cai 0,5% em fevereiro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, caiu 0,5% em fevereiro na comparação mensal dessazonalizada, de acordo com dados apurados pela Boa Vista. Na avaliação acumulada em 12 meses, o indicador subiu 1,3%. Já na variação contra fevereiro do ano anterior o varejo cresceu 3,8%….

O que levar em conta ao realizar uma compra à vista ou a prazo?

A maioria dos educadores financeiros afirma que pagar à vista uma compra é a melhor prática para quem deseja manter o controle de suas finanças, porque assim evita dívidas futuras. No entanto, essa decisão depende da análise de inúmeros fatores, por isso, para contribuir com a análise do consumidor no momento da sua tomada de…





Indicadores

Indicadores

Estudos Econômicos

Estudos Economicos

Blog do Economista

Blog do Economista Boa Vista Serviços