PIB apresenta alta de 7,7% no terceiro trimestre de 2020

Comentários:                                                                                                         

Os dados do PIB do 3º trimestre, divulgados hoje pelo IBGE, ficaram abaixo da projeção de crescimento esperada, isto devido ao fato de que no segundo trimestre foi registrada a maior queda desde o início da série histórica.

Na comparação com o 2º trimestre de 2020, já descontados os efeitos sazonais, o PIB apontou alta de 7,7%. Em relação ao mesmo período do ano anterior a atividade recuou 3,9%. No acumulado dos últimos quatro trimestres a queda foi de 3,4%.

Analisando os números pela ótica da demanda, a Formação Bruta de Capital Fixo (Investimentos) mostrou piora do resultado no acumulado em quatro trimestres (passando de -0,9% para -4,0% entre o 2T20 e 3T20). Considerando a comparação trimestral frente ao trimestre imediatamente anterior (%QoQ, dados com ajuste), houve alta de 11%, apresentando queda de 7,8% na comparação interanual.

O consumo das famílias também mostrou comportamento positivo, com crescimento de 7,6% na comparação com o primeiro trimestre de 2020 (dados com ajuste sazonal). Já variação interanual, o componente recuou 6,0%.

As exportações recuaram 2,1% em relação ao trimestre anterior, enquanto na comparação interanual caíram 1,1%. Já as importações recuaram 9,6% no trimestre e 25% em relação ao 3T19.

Pela Ótica da Oferta (Gráfico 2), a Agropecuária, a única a apresentar desempenho negativo no trimestre, recuou 0,5% contra o trimestre anterior. Já em relação ao acumulado dos últimos 4 trimestres o setor acumula alta de 1,8%, enquanto na comparação com o mesmo trimestre do ano passado o resultado ficou em 0,4%.

O setor de serviços teve alta de 6,3% contra o trimestre passado, baixa de 4,8% na comparação interanual e de 3,5% no acumulado dos últimos quatro trimestres, destacando-se o desempenho positivo do Comércio e do Transporte, Armazenagem e Correio, que avançaram 15,9% e 12,5% no período, respectivamente.

A Indústria, por sua vez, apresentou alta de 14,8% no 3T20 de acordo com dados dessazonalizados. No acumulado em quatro trimestres o setor cedeu 3,5%, já na comparação interanual, a indústria retrocedeu 0,9%. O destaque do setor se deu nas Indústrias de transformação ao avançar 23,7% em relação ao trimestre passado, no entanto ainda se encontra em baixa de 0,2% na comparação interanual.

Com este resultado, o movimento confirma as expectativas de mercado sobre a alta no PIB para o terceiro trimestre de 2020, no qual se beneficiou positivamente dos resultados negativos do trimestre imediatamente anterior, este que sofreu com o ápice da pandemia e das restrições econômicas devido ao coronavírus.

Importante observar que os setores que mais foram atingidos no segundo trimestre foram os que apresentaram os resultados mais positivos neste 3T20 (Indústria e Investimento).

Pelo lado da oferta, tanto a Indústria quanto os Serviços apresentaram um bom desempenho no trimestre, corroborando para o desempenho positivo do PIB. Pela ótica da demanda, o Consumo das famílias, o Consumo do governo e o Investimento apresentaram as altas no trimestre. A recuperação integral da economia ainda está em função das oscilações no mercado de trabalho, da minimização das incertezas e dos avanços dos programas de vacinação nacional e internacional.

A seguir, a tabela com resumo dos números do PIB do 3º trimestre.


Buscar por período:

TAGS

Posts relacionados

Para BC, atividade econômica avança 0,59% em novembro, mas acentua queda na análise em 12 meses

Comentários: De acordo com o Banco Central, o indicador antecedente da atividade econômica (IBC-BR) avançou 0,59% em novembro na comparação mensal, de acordo com dados dessazonalizados. Com relação ao mesmo mês do ano passado houve queda de 0,83%.   No ano houve desaceleração da queda, passando de -5,01% até outubro para 4,63%, enquanto na análise…

Pedidos de falência avançam 12,7% em 2020

Os pedidos de falência avançaram 12,7% em 2020, na comparação com 2019, segundo dados com abrangência nacional da Boa Vista. No mesmo sentido, mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 13,4% e 11,1%, respectivamente. As falências decretadas também cresceram no ano, apontando variação de 1,9%. Em…

Consumidores veem piora da situação econômica do país em 2020, mas acreditam em cenário melhor em 2021

O consumidor brasileiro vê uma piora da economia nacional em relação a 2019, de acordo com pesquisa da Boa Vista, empresa que aplica inteligência analítica na transformação de informações para a tomada de decisões em concessão de crédito e negócios em geral, realizada com cerca de 400 consumidores de todo país. 77% dos entrevistados acreditam…