Produção industrial recua 1,4% em junho

Por Bruna Martins, da Área de Indicadores e Estudos Econômicos da Boa Vista SCPC

Segundo o IBGE, a produção industrial diminuiu 1,4% em junho, na comparação mensal dos dados dessazonalizados. O resultado ficou acima da média prevista pelo mercado, que apontava queda de 2,4%, na mesma base de comparação.

Analisando por categorias de uso, houve redução generalizada na margem. Bens de Consumo caíram 7,9%, bens intermediários obtiveram queda de 0,1%, enquanto bens de capital apresentaram recuo de 9,7%. Por setor, a indústria extrativa apresentou alta de 0,3%, enquanto o setor de indústria de transformação caiu 1,8%, mantida a base de comparação.

18 dos 24 setores analisados apresentaram queda na produção, destacando o setor de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos com o pior resultado (-29,6%) e o setor de veículos que obteve queda pelo quarto mês consecutivo (-12,1%).

Ademais, a produção industrial começou a reduzir no acumulado em 12 meses, passando de 0,2% em maio para -0,6% nesta última aferição. Bens de Capital desaceleraram, passando de 4,3% para 1,2%. Bens intermediários caíram ainda mais, passando de -0,9% em maio para -1,2% em junho. Bens de consumo também recuaram (0,3%). As indústrias extrativas e de transformação apresentaram as seguintes variações: 1,1% e -0,9%, respectivamente.

Pelo quarto mês consecutivo a indústria apresentou resultado negativo na margem, comprometendo o seu resultado no ano, uma vez que deixou de desacelerar em 12 meses para reduzir a produção. Assim sendo, acreditamos que a produção industrial dificilmente deverá apresentar crescimento no ano, encerrando o ano com queda na produção de 2,0%.

PIM

 

Posts relacionados

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…

Vendas no varejo crescem 0,5% em setembro e caem 0,6% no acumulado 12 meses

De acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o volume de vendas no Varejo restrito subiu 0,5% em setembro na comparação mensal (com ajuste sazonal), enquanto na variação acumulada em 12 meses, a trajetória do indicador apresentou melhora de 1 p.p. em relação ao mês anterior, apresentando retração de apenas 0,6%….