Commodities com pressão baixista no médio prazo

Commodities com pressão baixista no médio prazo

Por Marcel Caparoz, da RC Consultores

Na última sexta-feira (09/05), o departamento de agricultura dos EUA (USDA) divulgou os primeiros dados sobre as expectativas da safra 2014/2015 das principais commodities mundiais. A soja em grão deverá ter aumento de 6% da produção na safra 14/15, em função principalmente da alta da produção americana e brasileira, de 11% e 4% respectivamente. Com isso, os estoques deverão saltar 23% no período.

As primeiras informações da safra 2014/2015 apresentam uma pressão baixista sobre os preços das commodities, com a oferta crescendo acima da demanda mundial. A China continua consumindo, porém com um crescimento mais contido. Além disso, novas políticas agrícolas que em breve deverão entrar em vigor na Europa e nos EUA, com ampliação dos subsídios aos produtores locais, deverão impactar ainda mais os preços mundiais. Estimativas iniciais apontam a possibilidade de redução nos preços do milho de pelo menos 3%; na soja, no mínimo de 2%; e, no algodão, em torno de 4%, no período entre 2014 e 2018. As commodities brasileiras foram as grandes responsáveis pelo excelente saldo positivo da balança comercial da década passada, e permanecem sendo ainda a principal fonte das exportações do país. Enfrentar este novo obstáculo deverá ser prioridade na agenda do próximo governo.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…