Mais dificuldade para os exportadores brasileiros

Por Fabio Silveira, da RC Consultores

Assim como o Brasil, diversos países da América do Sul ingressaram em processo de desaceleração econômica. Este é o caso, entre outros, de Argentina, Colômbia, Venezuela, Peru e Chile. Os principais motivos são o menor dinamismo do consumo doméstico e o enfraquecimento das exportações (advindo da queda dos preços internacionais das commodities).

De forma semelhante ao observado na economia brasileira, expansão de gastos públicos e desvalorização cambial fazem parte do eixo central de medidas adotadas pelos respectivos governos em passado recente, na tentativa de reverter o ciclo contracionista que toma conta da região. O fraco crescimento econômico da América do Sul é mais um grande obstáculo aos exportadores brasileiros, já às voltas com a recessão européia, a estagnação americana e o abrandamento da expansão chinesa. A América do Sul absorve quase 20% das vendas externas realizadas pelo país.

Ed.14

Comentários

comentários

Posts relacionados

Movimento do Comércio sobe 0,4% em outubro

O Indicador Movimento do Comércio, que acompanha o desempenho das vendas no varejo em todo o Brasil, subiu 0,4% em outubro quando comparado a setembro na análise com ajuste sazonal, de acordo com os dados apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito). Na avaliação acumulada em 12 meses (novembro de 2016…

34% dos consumidores dizem não ter controle dos ganhos e gastos

Para investigar os hábitos sobre controle orçamentário e fontes de informações sobre o tema, a Boa Vista SCPC realizou uma pesquisa inédita com aproximadamente 1200 consumidores, de todo o Brasil, e constatou que 34% dos entrevistados não controlam o quanto ganham e gastam no mês. Realizada entre os meses de maio e julho, a pesquisa…

Percentual de cheques devolvidos atinge 1,70% em outubro

O número de cheques devolvidos (segunda devolução por falta de fundos) como proporção do total de cheques movimentados[1] foi de 1,70% em outubro, registrando considerável redução em relação ao mesmo mês do ano anterior (-0,76 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados diminuiu frente ao mês de setembro (quando o nível…