Piora perfil da dívida brasileira

Por Thiago Custódio Biscuola, da RC Consultores

O Tesouro Nacional tem tido dificuldades para rolar sua dívida. Com o aumento da percepção de risco em relação ao Brasil, a emissão de novos papéis não tem sido suficiente para cobrir os resgates. Até a segunda quinzena houve um resgate líquido da dívida pública mobiliária de R$ 167 bilhões. Este será o segundo ano consecutivo que os resgates do Tesouro superarão as colocações. Em 2013 o saldo foi negativo em R$ 87 bilhões.

A piora do quadro fiscal tem diminuído o apetite dos investidores pelos papéis do governo brasileiro. Mesmo oferecendo um dos maiores retornos em todo mundo, a indefinição em relação à nova equipe econômica e a deterioração do quadro econômico têm feito com que os financiadores exijam retornos cada vez maiores e prazos menores. Um exemplo é a NTN-B 2050, título pós-fixado atrelado à inflação, cujo retorno real apenas na última semana subiu 0,18 p.p., alcançando 6,53%. No dia 13/10 a taxa de venda estava em 5,65%. A mudança do perfil da dívida trará ainda mais dificuldades para o já apertado orçamento da União. Caso não haja uma reversão rápida da trajetória negativa dos indicadores fiscais e um maior controle da evolução dos gastos públicos, a nova equipe econômica terá dificuldades para resgatar a confiança do mercado e empresários. O risco de um rebaixamento da dívida soberana tende a aumentar, o que dificultaria ainda mais a capacidade de financiamento tanto do governo como das empresas brasileiras.

Comentários

comentários

Posts relacionados

Inadimplência do consumidor cai 2,4% em novembro

A inadimplência do consumidor caiu 2,4% em novembro na avaliação mensal com ajuste sazonal, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC. Já nos valores acumulados em 12 meses (dezembro de 2016 até novembro de 2017 frente aos 12 meses antecedentes) houve retração 3,5%. Quando comparado o resultado contra o mesmo mês de 2016,…

Produção Industrial registra crescimento de 0,2% em outubro e 1,5% em 12 meses

Dados divulgados hoje pelo IBGE revelam que a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) registrou crescimento de 0,2% em outubro, considerando a comparação mensal (série com ajuste sazonal). Considerando os últimos 12 meses, a recuperação ganhou mais consistência, uma vez que sua leitura foi de 0,4% para 1,5% entre os meses de setembro e outubro. Na comparação…

Cresce fatia dos que utilizarão o 13º salário para pagar contas de início de ano e poupar

  Dos mais de mil entrevistados pela Boa Vista SCPC, em sua pesquisa online sobre hábitos de consumo para o Natal e Fim de Ano, 75% dos respondentes afirmaram que receberão o 13º salário. Destes, 37% disseram que utilizarão a renda extra para quitar dívidas, o que representa uma queda de 19 pontos percentuais (p.p.)…